Política

Secretário pede investigação de contrato da gestão anterior que foi renovado por Bernal

Está em andamento a investigação para apurar eventual ato de improbidade administrativa em contratos pagos em 2012, pela Prefeitura de Campo Grande na gestão de Nelsinho Trad (PMDB), em favor da empresa Gradual Engenharia e Consultoria Ltda. O pedido de investigação por parte do Ministério Público Estadual, partiu do atual secretário de finanças da prefeitura, […]

Arquivo Publicado em 21/02/2014, às 17h23

None

Está em andamento a investigação para apurar eventual ato de improbidade administrativa em contratos pagos em 2012, pela Prefeitura de Campo Grande na gestão de Nelsinho Trad (PMDB), em favor da empresa Gradual Engenharia e Consultoria Ltda.

O pedido de investigação por parte do Ministério Público Estadual, partiu do atual secretário de finanças da prefeitura, Wanderley Ben Hur. Pela denúncia, os contratos não continham assinatura de medição da obra.

Apesar da denúncia, a gestão do prefeito Alcides Bernal (PP), a qual Ben Hur faz parte, renovou o contrato com a Gradual em março de 2013 e ainda aumentou cerca de 25% do valor do contrato, passando para o valor de R$ 1.239.814,45, pelos serviços de tapa-buraco.

A responsabilidade do caso está com a 31ª Promotoria de Justiça do Patrimônio Público e Social da comarca de Campo Grande.

Jornal Midiamax