Política

Puccinelli diz que dia 15 de maio não estará no governo e dá indícios sobre candidatura

Durante a assinatura de convênio de R$ 190,7 mil, na manhã desta sexta-feira (7), para publicar o livro “Enciclopédia das Águas”, o governador André Puccinelli (PMDB)afirmou que poderá participar do lançamento da obra, previsto para meados de maio, porque não estará mais no governo. “Se for 15 de maio não poderei participar”, afirmou o governador. […]

Arquivo Publicado em 07/03/2014, às 14h49

None
1403417128.jpg

Durante a assinatura de convênio de R$ 190,7 mil, na manhã desta sexta-feira (7), para publicar o livro “Enciclopédia das Águas”, o governador André Puccinelli (PMDB)afirmou que poderá participar do lançamento da obra, previsto para meados de maio, porque não estará mais no governo.

“Se for 15 de maio não poderei participar”, afirmou o governador. Puccinelli poderá permanecer no comando até o dia 5 de abril quando termina o prazo de desincompatibilização e, assim, ficará livre para disputar o Senado.

Apesar da observação feita pelo governador, na manhã de hoje ele negou que seja pré-candidato ao Senado depois de ter afirmado. A única certeza que Puccinelli passou foi da data de sua decisão, dia 6 de abril.

O diretor-presidente da Fundação de Estado de Cultura, Américo Calheiros, preferiu não comentar sobre a declaração do governador. Ele apenas garantiu que não tem como antecipar o lançamento da enciclopédia. “Não tem tempo hábil para ser antes”, pontuou.

O presidente do Instituto Geográfico do Estado, Hildebrando Campestrini, justificou a data de lançamento com a demora da burocracia. “Foi assinado hoje e tem 90 dias para repassar o documento e receber o recurso e deixar o livro pronto”, explicou.

Obra

A enciclopédia terá 335 páginas incluindo as cartas hidrográficas. Segundo o presidente do instituto geográfico, serão sete mil objetos – rios, córregos, vazantes todas as espécies de curso de água – catalogados e descritos. “São mais de 5,1 mil córregos com mais de 10 quilômetros de extensão”, ressaltou.

Hildebrando disse ainda que todo o material ficará disponível na internet e que apenas o material virtual é que será sempre atualizado. Ele também pretende deixar disponível no Aquário do Pantanal para visitantes e estudiosos.

Para o desenvolvimento da obra, o instituto recebeu R$ 396 mil da estatal Sanesul.

Jornal Midiamax