Política

Paulo Corrêa quer PR ao lado de Puccinelli e Delcídio nas eleições deste ano

O PR (Partido da República) deve oficialmente apoiar a candidatura do senador Delcídio do Amaral (PT) ao governo de Mato Grosso do Sul e, ao mesmo tempo, a disputa do atual chefe do Executivo, André Puccinelli, ao Senado. Pelo menos este é o entendimento do deputado estadual Paulo Corrêa. Na manhã desta quinta-feira, o parlamentar […]

Arquivo Publicado em 27/03/2014, às 12h41

None
1973343888.jpg

O PR (Partido da República) deve oficialmente apoiar a candidatura do senador Delcídio do Amaral (PT) ao governo de Mato Grosso do Sul e, ao mesmo tempo, a disputa do atual chefe do Executivo, André Puccinelli, ao Senado. Pelo menos este é o entendimento do deputado estadual Paulo Corrêa.

Na manhã desta quinta-feira, o parlamentar compareceu à solenidade de formatura de delegados, em Campo Grande, para conversar com Puccinelli, por ter ouvido “boatos” de que o governador não sairá candidato ao Senado este ano. “O André sendo candidato une forças”, analisa Corrêa, defendendo, ao mesmo tempo, que o PR apoie Delcídio para o governo estadual.

O deputado citou o caso de 2010, quando o PR saiu em apoio a Waldemir Moka (PMDB) e Delcídio para o Senado. “Dentro do partido, a maior preferência é pela aliança com o Delcídio. Uma corrente mínima quer apoiar o Nelsinho (Trad, pré-candidato do PMDB ao governo)”, explica.

Há um mês, o presidente regional do PR, deputado estadual Londres Machado, rebateu o correligionário sobre o eventual apoio a Delcídio. “Tem que esperar definir o quadro. Você não, pode sendo de um partido, dizer se vai apoiar esse ou aquele. Não pode tomar uma decisão e essa decisão não ser verdadeira”, criticou, na ocasião.

Jornal Midiamax