Política

Olarte pede a Puccinelli ‘ferramentas’ para conseguir verbas e viabilizar projetos

Depois de detectar uma perda de R$ 30 milhões em verbas para obras em Campo Grande, o prefeito, Gilmar Olarte, foi até o governador de Mato Grosso do Sul, André Puccinelli, buscar meios de conseguir mais recursos para a cidade. Os dois tiveram um encontro a portas fechadas, no gabinete da Governadoria, que terminou no […]

Arquivo Publicado em 21/03/2014, às 15h52

None
1248901272.jpg

Depois de detectar uma perda de R$ 30 milhões em verbas para obras em Campo Grande, o prefeito, Gilmar Olarte, foi até o governador de Mato Grosso do Sul, André Puccinelli, buscar meios de conseguir mais recursos para a cidade. Os dois tiveram um encontro a portas fechadas, no gabinete da Governadoria, que terminou no início da tarde desta sexta-feira.

Olarte reafirmou que pretende evitar perda de recursos como ocorreu na gestão anterior, de Alcides Bernal, cassado pelos vereadores no dia 12 de março. Segundo ele, os R$ 30 milhões perdidos por Campo Grande são provenientes de várias fontes e seriam destinados a projetos em várias áreas.

O prefeito disse estar preocupado com a queda na arrecadação do ICMS em Campo Grande. Também foi pedir orientações ao governador sobre as ferramentas que pode utilizar na busca de verbas.

Além disso, o trânsito na Capital foi outro tema do encontro. Olarte disse que pretende buscar mais recursos, inclusive junto ao Detran (Departamento Estadual de Trânsito) especificamente para esta área.

Já o governador evitou alongar declarações após a conversa com Olarte, sem perder a chance de alfinetar Bernal. “Este vem aqui, o outro não vinha”, resumiu Puccinelli.

Jornal Midiamax