Olarte evita comentar pesquisa na qual Bernal aparece em 2º na disputa ao Senado

Repetindo o que tem feito ultimamente, o prefeito de Campo Grande, Gilmar Olarte (PP), evitou falar em política, durante agenda pública na manhã desta segunda-feira (13). Olarte não quis comentar o fato de que seu antecessor, Alcides Bernal (PP), aparece em segundo lugar na pesquisa DATAmax para o Senado, com 31,8% das intenções de voto. […]
| 14/07/2014
- 19:35
Olarte evita comentar pesquisa na qual Bernal aparece em 2º na disputa ao Senado

Repetindo o que tem feito ultimamente, o prefeito de , (PP), evitou falar em política, durante agenda pública na manhã desta segunda-feira (13).

Olarte não quis comentar o fato de que seu antecessor, (PP), aparece em segundo lugar na pesquisa DATAmax para o Senado, com 31,8% das intenções de voto. A líder no levantamento é Simone Tebet (PMDB), com 44,20%.

“Estou trabalhando por Campo Grande de dia e de noite”, esquivou-se Olarte ao ser questionado sobre Bernal. Foi a cassação do ex, pela Câmara, que permitiu a acessão do pastor a chefe do Executivo da Capital, em março deste ano.

 

Em algumas ocasiões, Olarte chegou a criticar publicamente a gestão de Bernal. Sua equipe fez relatórios apontando supostas irregularidades na administração do agora candidato ao Senado.

Sobre eleições, especificamente, e sobre a situação de seu partido, o PP, Olarte evita comentar. Não declarou publicamente apoio a candidato ao governo, por exemplo.

 

Veja também

Lista inclui demissões de secretários e até procurador-geral do município

Últimas notícias