Política

Murilo admite que candidatura própria ‘ganhou força’ depois de conversa com Puccinelli

Aliança branca: segundo o presidente regional do PSB, a sigla deve 'caminhar paralelamente' ao partido do governador André Puccinelli e próximas eleições 'não terão inimigos'.

Arquivo Publicado em 05/03/2014, às 11h52

None
599249859.jpg

Aliança branca: segundo o presidente regional do PSB, a sigla deve ‘caminhar paralelamente’ ao partido do governador André Puccinelli e próximas eleições ‘não terão inimigos’.

O presidente regional do PSB, prefeito de Dourados Murilo Zauith, afirmou que a conversa com o governador André Puccinelli (PMDB)fortaleceu a ideia do partido de lançar candidatura própria e, assim, caminhar ‘paralelamente’ ao PMDB.


“Fortaleceu a ideia do PSB de disputar cargos na majoritária para governador ou senador”, afirmou o presidente do PSB. O dirigente descartou aliança com PMDB pelo fato do partido “estar com a chapa pura bem encaminhada”. “Vamos caminhar paralelo ao PMDB”, pontuou.


Sobre as alianças, Murilo disse que tem conversado com lideranças de diversos partidos e que o quadro ainda é incerto. “Tenho conversado com muitas pessoas e ninguém está fechado com ninguém”, enfatizou.


Na avaliação do dirigente, esta eleição vai ter suas peculiaridades em que “tudo é possível”. “Nesta eleição não há inimigos políticos, mas adversários pontuais”, finalizou Murilo.

Jornal Midiamax