Política

Governador volta a descumprir promessa e não deposita salário de servidores

Governador também não depositou salário nesta quarta-feira

Midiamax Publicado em 31/12/2014, às 10h13

None
pucci.jpg

Governador também não depositou salário nesta quarta-feira

O governador André Puccinelli (PMDB) não depositou o salário dos servidores nesta quarta-feira (31), conforme prometido. Esta é a segunda vez que ele promete depositar salário e não cumpre. Primeiro o governador disse que depositaria o salário dia 29, mas divulgou nota dizendo que o salário estaria na conta hoje, o que não aconteceu novamente.

Geralmente o salário é depositado no primeiro dia útil, mas Puccinelli prometeu depositar o salário no dia 29 por vontade própria, mas não cumpriu. Quando não depositou no dia 29, ele chegou a divulgar uma nota, justificando.

“Sobre o pagamento do salário de dezembro dos servidores estaduais, a Secretaria de Fazenda esclarece que, por exigência do Banco do Brasil, para evitar desconto maior no imposto de renda o depósito terá que ser feito no dia 30, último dia útil do ano. Caso fosse depositado no dia 29, os servidores seriam prejudicados por um desconto maior no imposto de renda. Os valores estarão disponíveis a partir do dia 31 de dezembro de 2014. Mantém – se assim o compromisso do pagamento de dezembro dentro do mês, sem contudo onerar os servidores”, declarou.

Porém, nesta quarta-feira, servidores mandaram mensagens ao Midiamax reclamando da promessa não cumprida. “Se ele não pagar hoje, a maioria vai ter que pedir um empréstimo para poder passar o ano novo. Falta de responsabilidade. A um dia do fim do mandato, quebrando promessas que seriam para ‘agradar’ o servidor na despedida do governo”, reclamou um servidor.

Whatsapp: Fale com os jornalistas do Midiamax

O leitor enviou as imagens pelo Whatsapp da redação, no número (67) 9207-4330. O canal de comunicação serve para os leitores falarem diretamente com os jornalistas do Midiamax. Flagrantes inusitados, denúncias, reclamações e sugestões podem ser enviadas com total anonimato garantido pela lei.

Jornal Midiamax