Política

Governador culpa acidente por fracasso na entrega do Aquário do Pantanal

O governador já sofreu muitas críticas por causa da obra do Aquário, chamado pela oposição de abacaxi deitado

Midiamax Publicado em 14/11/2014, às 13h46

None

O governador já sofreu muitas críticas por causa da obra do Aquário, chamado pela oposição de abacaxi deitado

O governador André Puccinelli (PMDB) disse na manhã desta sexta-feira (14) que entregará o governo a Reinaldo Azambuja (PSDB) com o Aquário do Pantanal faltando entre 4% e 7% para a conclusão final.

Indagado se ficou desapontado por não concluir a obra que considera um marco no seu governo, Puccinelli citou um acidente como empecilho para o atraso.“Quem é que prevê um acidente em uma rodovia. Tinha passado de Água Clara e um caminhão entra no meio do que estava trazendo o aquário”, contou.

Segundo ele, o acidente ocorrido em 23 de outubro acabou comprometendo a entrega, prevista para antes do fim do mandato. Puccinelli afirma que a obra será entregue com 29 dos 32 aquários. Sobre os custos, ele disse que os três aquários quebrados têm seguro e que o valor da obra, já com os peixes nadando no aquário, será de, no máximo, R$ 155 milhões.

Puccinelli voltou a negar superfaturamento na obra e disse que as denúncias são de empresas que perderam a licitação para a concorrente por não oferecer serviço de qualidade para atender o que foi pedido no edital.

O governador já sofreu muitas críticas por causa da obra do Aquário, chamado pela oposição de abacaxi deitado e até de batata quente. Eles alegam que o governador gastou dinheiro que poderia ter sido aplicado, por exemplo, em saúde, grande reivindicação da população.

Jornal Midiamax