Política

Ex-secretário de Saúde registra BO contra vereador por causa de confusão sobre devolução de celular

O ex-secretário municipal de Saúde Ivandro Correa Fonseca registrou um boletim de ocorrência por calúnia contra o vereador Paulo Siufi (PMDB). O caso chegou à Polícia Civil, nesta sexta-feira (21), depois de o vereador dizer que mesmo com a cassação do prefeito Alcides Bernal (PP), Ivandro continuaria usando o telefone funcional, pago com dinheiro público. […]

Arquivo Publicado em 21/03/2014, às 21h00

None
2064947013.jpg

O ex-secretário municipal de Saúde Ivandro Correa Fonseca registrou um boletim de ocorrência por calúnia contra o vereador Paulo Siufi (PMDB). O caso chegou à Polícia Civil, nesta sexta-feira (21), depois de o vereador dizer que mesmo com a cassação do prefeito Alcides Bernal (PP), Ivandro continuaria usando o telefone funcional, pago com dinheiro público.

No boletim de ocorrência, Ivandro diz refutar as acusações feitas por Siufi, e afirma que no dia 18 deste mês entregou o celular no protocolo da Secretaria Municipal de Saúde, com o carregador do aparelho.

O ex-secretário ainda fez questão de incluir no registro, o link para a página do Facebook onde mostra um documento de entrega do celular. Ivandro diz que as acusações foram veiculadas em jornais da Capital e que ele teria tido o direito de resposta protelado.

Esta foi a segunda vez que Ivandro tem o nome relacionado a não devolução de aparelho celular funcional, após deixar o cargo. Durante o depoimento dele na Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Saúde da Assembleia Legislativa, o deputado Marquinhos Trad afirmou que o ex-secretário teria continuado usando um telefone que pertencia a Maternidade Cândido Mariano, mesmo depois de deixar a direção do hospital.

O Midiamax tentou entrar em contato na quinta e na sexta-feira (21) com ex-secretário, mas as ligações foram para a caixa de mensagem.

Jornal Midiamax