Política

Ex-aliado afirma não compreender ‘atitudes de última hora’ de Bernal

O vereador João Rocha (PSDB) ex-aliado do prefeito de Campo Grande, Alcides Bernal (PP), afirmou que não entender as atitudes de “última hora” do progressista para tentar estreitar os laços com o Legislativo ao declarar de utilidade pública o prédio da Câmara Municipal e, assim, evitar o despejo. “Não sei qual a intenção do Bernal. Ele […]

Arquivo Publicado em 10/03/2014, às 15h47

None

O vereador João Rocha (PSDB) ex-aliado do prefeito de Campo Grande, Alcides Bernal (PP), afirmou que não entender as atitudes de “última hora” do progressista para tentar estreitar os laços com o Legislativo ao declarar de utilidade pública o prédio da Câmara Municipal e, assim, evitar o despejo.

“Não sei qual a intenção do Bernal. Ele teve um ano para fazer isso”, afirmou o vereador. João Rocha lembrou que por diversas vezes pediu para o prefeito decidir. Para o tucano, Bernal teve tempo de sobra para resolver o impasse do despejo dos vereadores.

João Rocha integrou a base aliada do prefeito no início do mandato e, mesmo independente, tentou articular para não abertura da Comissão Processante. Depois disso, o tucano definiu sua posição depois da convocação da sua mulher, Rosemary Rocha, para retornar à sala de aula no meio do tratamento de um tumor.

O vereador não declarou seu voto antecipadamente, mas disse que o episódio com sua mulher pesará na hora do voto. Ele também disse que espera que o prefeito vá se defender no plenário. “Se ele não se defender, é que concorda com o relatório da Comissão Processante”, finalizou.

Jornal Midiamax