Com parecer negativo da Procuradoria, Bernal espera manter candidatura no TSE

Apesar do parecer negativo da Procuradoria Regional Eleitoral, o candidato ao Senado, ex-prefeito de Campo Grande, Alcides Bernal (PP), espera manter a candidatura com o julgamento final no TSE (Tribunal Superior Eleitoral) que foi indeferida pelo TRE-MS (Tribunal Regional Eleitoral de Mato Grosso do Sul). “Quem vai decidir não é o juiz vai para o […]
| 23/08/2014
- 20:10
Com parecer negativo da Procuradoria, Bernal espera manter candidatura no TSE

Apesar do parecer negativo da Procuradoria Regional Eleitoral, o candidato ao Senado, ex-prefeito de Campo Grande, (PP), espera manter a candidatura com o julgamento final no TSE (Tribunal Superior Eleitoral) que foi indeferida pelo TRE-MS (Tribunal Regional Eleitoral de Mato Grosso do Sul).

“Quem vai decidir não é o juiz vai para o TSE”, afirmou Bernal. O progressista disse confiar na Justiça porque a legislação eleitoral tem mantido na disputa. “Eu confio na Justiça porque graças à legislação eu estou fazendo campanha”, completou.

Na avaliação dele, “o parecer vem sendo repetido pela Procuradoria e defende a tese do PMDB”. Isto porque no parecer da Procuradoria a impugnação deve ser mantida em decorrência da cassação do mandato de prefeito em março deste ano por improbidade administrativa.

Bernal disse que o pedido de impugnação não tem fundamento porque no decreto da cassação não diz respeito à perda de direitos políticos. “Eles desconhecem que a cassação está sub judice e todo cidadão tem direito de disputar quando o direito político não está cassado”, disse.

O pedido de impugnação da candidatura foi feito pelo candidato a deputado estadual, Joel Silva (PTN), PHS, e pela própria Procuradoria.

Veja também

Deputados votam projetos em primeira e segunda discussão

Últimas notícias