Política

Bernal se reúne com Ben Hur para tentar contornar crise na administração municipal

Após anunciar pelo Facebook que iria pedir exoneração da Prefeitura de Campo Grande, o secretário Municipal de Finanças, Wanderley Ben Hur se reúne na manhã desta terça-feira (11) com o prefeito Alcides Bernal (PP), segundo informou o líder do prefeito na Câmara, Alex do PT. “A saída do Ben Hur não está confirmada e ele […]

Arquivo Publicado em 11/02/2014, às 14h30

None
991888652.jpg

Após anunciar pelo Facebook que iria pedir exoneração da Prefeitura de Campo Grande, o secretário Municipal de Finanças, Wanderley Ben Hur se reúne na manhã desta terça-feira (11) com o prefeito Alcides Bernal (PP), segundo informou o líder do prefeito na Câmara, Alex do PT.

“A saída do Ben Hur não está confirmada e ele está conversando com o Bernal agora”, disse ao usar a palavra na Casa. O prefeito estaria tentando manter o secretário na administração.

O vereador Carlão (PSB) disse que Carlão Wanderley era um secretário competente e que ajudava a administração. “Se sair será grande perda para mandato de Bernal. Ele vai perder um cara chave, importante do ponto de vista político e que nunca deixou de ver a Câmara para responder as investigações”.

Airton Saraiva (DEM) chegou a acusar o prefeito de perseguição política. “Ben Hur foi obrigado a pedir demissão. Ele foi punido pelo prefeito,  foi o que mais deu explicações para a Câmara e enfrentou o tiroteiro”, avaliou.

Apesar de ter atrasado a divulgação do Diário Oficial de Campo Grande de hoje, a exoneração do secretário não foi publicada.

Jornal Midiamax