Política

Após PT fechar com PSDB, presidente do PMDB admite que ‘já esperava’

O presidente regional do PMDB, deputado estadual Junior Mochi, admitiu nesta segunda-feira (17) que já esperava a decisão tomada pelo PT hoje em se aliar com PSDB. Com isso, a dobradinha nacional entre PMDB e PT não será repetida no Estado, como pediram as nacionais. “Isso já era esperado. Aliás já trabalhávamos com essa hipótese, […]

Arquivo Publicado em 17/03/2014, às 20h42

None

O presidente regional do PMDB, deputado estadual Junior Mochi, admitiu nesta segunda-feira (17) que já esperava a decisão tomada pelo PT hoje em se aliar com PSDB. Com isso, a dobradinha nacional entre PMDB e PT não será repetida no Estado, como pediram as nacionais.

“Isso já era esperado. Aliás já trabalhávamos com essa hipótese, que acabou sendo uma decisão natural depois que decidimos os principais cargos da majoritária”, explicou Mochi.

Ele se referiu aos dois cargos de maior peso, o de governador, que está sendo defendido para o secretário estadual Nelsinho Trad e o cargo ao Senado, ainda indefinido entre o governador André Puccinelli.

A decisão da aliança foi anunciada hoje pelo presidente regional do PT, Paulo Duarte, após reunião com os principais líderes do partido. Segundo ele, a decisão foi consenso e que a nacional será avisada em breve da decisão, que não repetirá a dobradinha.

Dois palanques deverão ser montados para receber a presidenta Dilma, pelo PT e o futuro candidato a presidente Aécio Neves, pelo PSDB.

Jornal Midiamax