Política

Após convenção nacional do PMDB, Puccinelli pode cumprir outras agendas em Brasília

O governador André Puccinelli (PMDB) já chegou a Brasília no início da tarde desta segunda-feira (9) para participar da convenção nacional do PMDB que acontece na terça-feira (10). Ele vai ficar o dia inteiro no evento, mas poderá cumprir outras agendas na Capital. Puccinelli é um dos quinze delegados que vai participar do evento. Ele […]

Arquivo Publicado em 09/06/2014, às 21h52 - Atualizado em 17/07/2020, às 23h51

None

O governador André Puccinelli (PMDB) já chegou a Brasília no início da tarde desta segunda-feira (9) para participar da convenção nacional do PMDB que acontece na terça-feira (10). Ele vai ficar o dia inteiro no evento, mas poderá cumprir outras agendas na Capital.


Puccinelli é um dos quinze delegados que vai participar do evento. Ele tem 12 dos 18 votos da comitiva de Mato Grosso do Sul que vai definir o apoio do PMDB à reeleição da presidente Dilma Rousseff (PT). Os parlamentares federais têm direito a dois votos.


Além dele, também integram o grupo senador Waldemir Moka; os deputados federais Geraldo Resende, Fábio Trad e Marçal Filho; os deputados estaduais Carlos Marun, Eduardo Rocha, Marquinhos Trad e Júnior Mochi, que também é presidente regional do partido; governador; vice-governadora Simone Tebet; o ex-prefeito de Campo Grande, Nelsinho Trad; vice-presidente do partido, Esacheu Nascimento; Zellir Maggioni e Jesus Sulzer.


Depois do evento que deve durar o dia inteiro, Puccinelli pode visitar o Ministério das Cidades e, ainda participar da posse no ministro Gilmar Mendes que tomará cargo de vice-presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) em sessão solene amanhã, às 19 horas, no plenário da Corte.

Jornal Midiamax