Política

Aliado de Bernal adultera Midiamax com ‘título dos sonhos’ e divulga pelo Facebook

O servidor nomeado em cargo de confiança Carlos Roberto Pereira divulgou uma falsa notícia neste domingo (9) usando o nome do Jornal Midiamax para dizer que a Justiça havia livrado o prefeito Alcides Bernal das acusações de improbidade administrativa e que a Câmara de Campo Grande estaria montando um golpe político para a próxima quarta-feira (12). A […]

Arquivo Publicado em 10/03/2014, às 18h35

None
1812176431.jpg

O servidor nomeado em cargo de confiança Carlos Roberto Pereira divulgou uma falsa notícia neste domingo (9) usando o nome do Jornal Midiamax para dizer que a Justiça havia livrado o prefeito Alcides Bernal das acusações de improbidade administrativa e que a Câmara de Campo Grande estaria montando um golpe político para a próxima quarta-feira (12).

A notícia, que não é verdadeira, aparece com uma imagem colada da decisão do último dia 16 de fevereiro, quando o juiz da 2ª Vara de Direitos Difusos, Coletivos Individuais e Homogêneos de Campo Grande David de Oliveira Gomes Filho e com o título falso atribuído ao Jornal Midiamax.

Apesar de ter rejeitado em primeira instância o pedido de afastamento do prefeito Alcides Bernal por atos de improbidade administrativa, a ação do Ministério Público Estadual, promovida por Alexandre Capiberibe Saldanha não está extinta e segue para o Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul.

Os vereadores promovem nesta quarta-feira (12) uma nova sessão para apresentar aos vereadores o relatório final da Comissão Processante, que indica a cassação do mandato do prefeito por ter aplicado suposta emergência na contratação de empresas e adulterado a ordem dos pagamentos aos fornecedores.

Na sessão, o relatório será lido por inteiro e o prefeito terá duas horas para apresentar a defesa pessoalmente. Os vereadores terão, cada um, 15 minutos para votar e justificar o posicionamento.

Carlos Roberto Pereira foi nomeado por Bernal no dia 4 de junho de 2013 para exercer cargo de confiança como assessor técnico com símbolo DCA-6. Ele também se inscreveu, por duas vezes, para fazer parte da comissão de avaliação das propostas de agências de publicidade a serem contratadas por Bernal. Na ocasião, ele se apresentou como jornalista.

Medidas judiciais

O departamento jurídico do Jornal Midiamax já está tomando as providências cabíveis em relação ao caso e vai acionar todas as pessoas que divulgaram as imagens falsas sobre o veículo de comunicação.

Compartilhamentos

Os perfis de Francisco Jose, Elizângela de Paula, Alexander Hildebrand Chendrik, Nilda Regina Da Cruz Pereira, Incubadora Santa Emilia, Ane Fernandes, Paulo Rosa, Gabriel Xavier, Edmar Correa, Antonio Carlos Silva Sampaio, Oronildes Camargo Alem, Marcio Machado e o vereador Ayrton Araújo (PT) compartilharam a imagem falsa.

(Matéria editada às 15h55 para acréscimo de informações).

Jornal Midiamax