Política

Visita de Bernal à Câmara Municipal causa polêmica e é adiada para segunda-feira

A simples ida do prefeito de Campo Grande, Alcides Bernal (PP), à Câmara Municipal nesta quinta-feira causou nova polêmica e acabou sendo adiada para a próxima segunda-feira. O compromisso chegou a ser confirmado pelo chefe do poder executivo. Segundo o presidente em exercício, Flávio César (PTdoB), o prefeito ligou para saber qual o melhor horário […]

Arquivo Publicado em 27/06/2013, às 14h37

None
902714710.jpg

A simples ida do prefeito de Campo Grande, Alcides Bernal (PP), à Câmara Municipal nesta quinta-feira causou nova polêmica e acabou sendo adiada para a próxima segunda-feira. O compromisso chegou a ser confirmado pelo chefe do poder executivo.


Segundo o presidente em exercício, Flávio César (PTdoB), o prefeito ligou para saber qual o melhor horário para ir e ele prometeu esperá-lo ontem até a meia-noite. No entanto, Bernal não compareceu. E hoje, durante a sessão, ele informou que não seria oportuno suspender a sessão para receber o prefeito.


Um dos principais aliados de Bernal na Casa, o vereador Cazuza (PP) disse que ele iria hoje. Mas a decisão causou polêmica de novo.


O vereador Airton Saraiva (DEM) considerou uma afronta a ida logo após o presidente do legislativo, Mário César (PMDB) ter o mandato cassado pela Justiça Eleitoral. A crítica provocou novo bate-boca entre os vereadores.


Alex do PT, líder do prefeito na Casa, afirmou que o melhor era Bernal ir na segunda-feira. Ele defendeu esta data desde o início e acabou prevalecendo sobre os demais. Na última hora, Bernal recuou da decisão de ir às 10h de hoje e marcou para segunda-feira.

Jornal Midiamax