Política

Vereadores se mobilizam por 30 mil assinaturas para revitalizar antiga rodoviária

Os vereadores Luiza Ribeiro (PPS) e Cazuza (PP) se mobilizam por 30 mil assinaturas para revitalizar a antiga rodoviária. O plano é sensibilizar o prefeito de Campo Grande, Alcides Bernal (PP), a investir para resgatar o potencial econômico da região. Em busca do apoio popular, a campanha invadiu as redes sociais. Outro reforço é o […]

Arquivo Publicado em 28/03/2013, às 15h00

None
343921088.jpg

Os vereadores Luiza Ribeiro (PPS) e Cazuza (PP) se mobilizam por 30 mil assinaturas para revitalizar a antiga rodoviária. O plano é sensibilizar o prefeito de Campo Grande, Alcides Bernal (PP), a investir para resgatar o potencial econômico da região.


Em busca do apoio popular, a campanha invadiu as redes sociais. Outro reforço é o apoio do Administrador, Comerciantes, Proprietários e Fundador do Centro Comercial Condomínio Terminal do Oeste (Antiga Rodoviária), Sindicato dos Hotéis, Restaurantes, Bares e Similares, Moradores de Condomínios do bairro Amambaí, Associação dos Vendedores Ambulantes de Lanches Autônomos de Campo Grande (AVAL), Associação de vendedores de Carro Autônomos de Campo Grande (PEDRA), Fórum de Cultura de Campo Grande e artistas da Antiga Rodoviária.


Também empolga os moradores da região a proposta de transferir à Câmara Municipal para o espaço. Com a ordem de “despejo” dos vereadores de Campo Grande do atual prédio, decretada pela 3º Câmara Cível do Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul, em fevereiro deste ano, o prefeito sugeriu a mudança da Casa de Leis para o segundo piso do prédio, onde um terço já pertence à prefeitura.


Luiza e Cazuza apóiam a ideia e reforçam o pedido para sensibilizar o Poder Público sobre a importância da revitalização da Antiga Rodoviária.  “O local é central e facilitará o acesso da população à Casa de Leis”, destacam os vereadores.


O apoio à revitalização está sendo coletado em abaixo assinado na Avaaz.org, uma entidade internacional que recebe e publica petições de causas populares. (http://www.avaaz.org/po/petition/Revitalizacao_da_Antiga_Rodoviaria_de_Campo_Grande/?fgaOpeb&pv=5).


Do auge ao ostracismo


A Antiga Rodoviária foi inaugurada em 1976 e foi um dos principais pontos de encontro de Campo Grande. Não atendendo mais as demandas impostas pelo crescimento demográfico, o prédio caiu no ostracismo, principalmente, depois da retirada dos pontos de embarque e desembarque de ônibus urbanos, intermunicipal e interestadual.


No período de 1994 a 2008, passavam cerca de 500 ônibus por dia pelo local e o fluxo de pessoas ficava em torno de duas mil. Com diversas lojas, o terminal rodoviário era um dos mais procurados espaços comerciais da cidade.


Em 31 de janeiro de 2010, exatamente às 23h59, o Centro Comercial deixou de funcionar como a estação rodoviária de Campo Grande. No dia 7 de junho de 2010, a prefeitura iniciou as reformas no antigo terminal, a proposta era instalar uma universidade, mas o projeto foi abandoando. Hoje, funciona no local a sede de uma unidade da Guarda Municipal e grande parte das lojas estão fechadas.

Jornal Midiamax