Política

Puccinelli se recusa a falar sobre política e Nelsinho ‘segue o mestre’ nas declarações

Em agenda pública voltada à cultura nesta quarta-feira (6), o governador André Puccinelli (PMDB), se recusou a falar sobre a política sul-mato-grossense. Questionado sobre os mais diferentes temas envolvendo a política de MS, Puccinelli se repetiu em afirmar à imprensa que falaria ‘só sobre manifestação cultural’. O secretário Nelsinho Trad (PMDB) que vinha atrás de Puccineli, […]

Arquivo Publicado em 06/11/2013, às 19h28

None
1887168795.jpg

Em agenda pública voltada à cultura nesta quarta-feira (6), o governador André Puccinelli (PMDB), se recusou a falar sobre a política sul-mato-grossense. Questionado sobre os mais diferentes temas envolvendo a política de MS, Puccinelli se repetiu em afirmar à imprensa que falaria ‘só sobre manifestação cultural’. O secretário Nelsinho Trad (PMDB) que vinha atrás de Puccineli, também aproveitou a deixa para evitar a imprensa.

Mesmo questionado insistentemente pela imprensa, que gostaria de saber sobre a manifestação do Black Blocs que atearam fogo em um boneco de Puccinelli, no centro de Campo Grande, em protesto contra a corrupção; sobre o projeto do Refis (Programa de Recuperação Fiscal das Atividades Produtivas); sobre a nomeação de Pedro Chaves na prefeitura; sobre as obras no interior do estado, entre outros, Puccinelli se restringiu a dizer ‘não falo sobre política’ e ‘só sobre manifestação cultural’.

O secretário de Articulação dos Municípios, Nelsinho Trad, que também participava do evento, vinha atrás de Puccinelli, que se esquivava da imprensa. Quando os repórteres o viram, se voltaram para ele, mas Nelsinho ‘seguiu o mestre’, dando um exemplo claro de fidelidade ao líder maior de seu partido e declarou ‘‘só sobre manifestação cultural’, subindo as escadas na governadoria.

Jornal Midiamax