Política

Puccinelli fala em derrotar Delcídio e volta a cogitar reaproximação com Reinaldo

O governador André Puccinelli (PMDB) disse, nesta quarta-feira (27), que seu candidato predileto ao Governo do Estado é o nome capaz de derrotar o senador Delcídio do Amaral (PT) e voltou a cogitar reaproximação com o PSDB, do deputado federal Reinaldo Azambuja (PSDB). A declaração sinaliza mudança no posicionamento do governador, que vinha soltando farpas […]

Arquivo Publicado em 27/03/2013, às 19h15

None
2052449820.jpg

O governador André Puccinelli (PMDB) disse, nesta quarta-feira (27), que seu candidato predileto ao Governo do Estado é o nome capaz de derrotar o senador Delcídio do Amaral (PT) e voltou a cogitar reaproximação com o PSDB, do deputado federal Reinaldo Azambuja (PSDB). A declaração sinaliza mudança no posicionamento do governador, que vinha soltando farpas contra o tucano e reconhecendo a força eleitoral do petista.


Questionado sobre a preferência entre o ex-prefeito Nelsinho Trad e a vice-governadora Simone Tebet, pré-candidatos do PMDB ao governo, Puccinelli disse que “quem tiver condições de derrotar o Delcídio é o meu predileto”.


Sobre a hipótese de Reinaldo despontar como o único nome capaz de vencer o senador, o governador disse aceitar discutir aliança desde que o PSDB aceite pesquisas a fim de escolher o melhor nome para concorrer ao governo.


“Se ele (Reinaldo) disser que entra no grupo e aceitar que pesquisas definam quem é o melhor candidato entre ele, a Simone e o Nelsinho, eu converso com o PSDB”, anunciou Puccinelli. Ele, porém, colocou em xeque o interesse dos tucanos. “Será que eles querem entrar no time?”, questionou, após mencionar proximidade entre Reinaldo e Delcídio.


Para finalizar, o governador frisou que a escolha final não o caberá. “Não sou eu quem vai dizer, vai ser o povo que vai dizer, o povo quis o Bernal”, destacou fazendo menção ao fato de não ter conseguido emplacar o deputado federal Edson Giroto (PMDB) no comando da Prefeitura de Campo Grande.

Jornal Midiamax