Política

Puccinelli diz que governo federal destina pouco dinheiro para a saúde

O governador André Puccinelli criticou o governo federal. Ele afirmou, nesta terça-feira (17), que a União repassa poucos recursos para a saúde pública, que acaba sendo sustentada pelos Estados e Municípios. O chefe do Executivo estadual assina na Assembleia Legislativa a liberação de recursos das emendas parlamentares do ano de 2013 para a assistência social […]

Arquivo Publicado em 17/12/2013, às 12h22

None
1725211697.jpg

O governador André Puccinelli criticou o governo federal. Ele afirmou, nesta terça-feira (17), que a União repassa poucos recursos para a saúde pública, que acaba sendo sustentada pelos Estados e Municípios. O chefe do Executivo estadual assina na Assembleia Legislativa a liberação de recursos das emendas parlamentares do ano de 2013 para a assistência social e educação.


“Hoje a saúde é praticamente custeada pela prefeitura e governos. A União repassa pouco mais de 5% e os Estados passam 12%”, afirmou.


O governador afirmou ainda ser a favor do movimento Saúde+10, que pede a ampliação dos recursos para a Saúde. “Torço para que isso aconteça”, disse.


Em relação às emendas parlamentares, Puccinelli afirmou que o governo dele “não faz distinção de partido” porque “cada deputado faz parte da sociedade” e destacou que prioriza as emendas das áreas de saúde, educação e assistência social.


Na cerimônia de hoje, o governador e os deputados estaduais assinam convênios no valor de R$ 7,711 milhões originados das emendas parlamentares para as áreas da Assistência Social e da Educação, referentes aos recursos provenientes do FIS (Fundo de Investimento Social) 2013. No mês passado, já haviam sido liberados R$ 11,2 milhões para a área de saúde.

Jornal Midiamax