Política

Público vaia solicitação de vereador e sessão da Câmara é suspensa

A sessão da Câmara dos Vereadores de Campo Grande desta terça-feira (8) foi suspensa agora pelo vice-presidente da Câmara Flávio César (PT do B) após o público presente vaiar solicitação do vereador Paulo Siufi (PMDB) para suspender a sessão. Após Siufi pedir a suspensão da sessão e os presentes começarem a vaiar, o vereador Airton […]

Arquivo Publicado em 08/10/2013, às 13h22

None
1397290307.jpg

A sessão da Câmara dos Vereadores de Campo Grande desta terça-feira (8) foi suspensa agora pelo vice-presidente da Câmara Flávio César (PT do B) após o público presente vaiar solicitação do vereador Paulo Siufi (PMDB) para suspender a sessão.

Após Siufi pedir a suspensão da sessão e os presentes começarem a vaiar, o vereador Airton do PT pediu justificativa. Siufi usou a ausência de vários vereadores, que estavam em reunião fechada, como motivo de seu pedido.

Logo em seguida,membros da Fetems (Federação dos Trabalhadores de Mato Grosso do Sul) e da CUT (Central Única dos Trabalhadores) ligados ao PT presentes na sessão começaram a vaiar e gritar “contra o golpe, democracia já”. Tendo em vista o tumulto causado, Flávio César, responsável pela Câmara devido a ausência do presidente Mário César (PMDB), suspendeu a sessão.

Após a suspensão permanecem na Câmara apenas os vereadores da base aliada do prefeito Alcides Bernal (PP): João Rocha (PSDB), Alex do PT, Zeca do PT, Airton do PT, Luiza Ribeiro (PPS), Gilmar da Cruz (PRB) e Carlão (PSB). O vereador Carlão está negociando com Bernal e afirmou que vai votar contra a abertura da comissão processante de cassação do prefeito.

Já o público, quando decretada a suspensão, ficou dividido. Metade aplaudiu e metade vaiou.

Jornal Midiamax