Política

PMDB fará sete encontros para tentar convencer filiados de que candidatura própria decola

O PMDB reuniu o diretório estadual para fechar o calendário de reuniões a serem realizadas até o final do primeiro semestre para discutir a possibilidade do partido ter candidatura própria na disputa pelo Governo do Estado em 2014. Lideranças do partido programaram as reuniões para tentar convencer os filiados de que é possível lançar Nelsinho Trad […]

Arquivo Publicado em 26/03/2013, às 11h38

None
1560888735.jpg

O PMDB reuniu o diretório estadual para fechar o calendário de reuniões a serem realizadas até o final do primeiro semestre para discutir a possibilidade do partido ter candidatura própria na disputa pelo Governo do Estado em 2014. Lideranças do partido programaram as reuniões para tentar convencer os filiados de que é possível lançar Nelsinho Trad (PMDB) ou Simone Tebet (PMDB) candidatos.

Para tentar evitar o desgaste da eleição de 2012, onde o partido não teve apoio de muitos filiados, que não concordaram com a imposição do partido para a escolha de Edson Giroto, o PMDB agora quer mostrar que as lideranças escutarão todo mundo. Porém, mudou-se a estratégia, mas o fim continua o mesmo.

O governador André Puccinelli (PMDB) já informou que instituirá uma comissão para comandar o destino do partido e esta própria comissão está à frente do processo. Todavia, em vez de escutar filiados, como prometeu o presidente estadual, Junior Mochi, o partido vai convencê-los de que a candidatura é viável.

A ideia de Mochi é fazer brotar nos filiados a vontade de defender o PMDB, por meio da administração de André Puccinelli. Mochi quer convencer os filiados de que é possível convencer a população de que a administração trouxe avanços para Mato Grosso do Sul.

A reunião do PMDB contou com a participação do ex-prefeito Nelsinho Trad e do governador André Puccinelli. O ex-prefeito, que já ameaçou deixar o partido se não fosse o escolhido para a disputa, agora adotou o discurso de Simone Tebet e se diz um soldado do PMDB. Já Puccinelli mantém a promessa de aposentadoria. Ao final da reunião os peemedebistas definiram os locais das sete reuniões feitas até julho:

1ª sede regional – Nova Andradina – dias 12 e 13/04/2013

2ª sede regional – Três Lagoas – dias 26 e 27/04/2013

3ª sede regional – Bodoquena – dias 10 e 11/05/2013

4ª sede regional – Dourados – dias 24 e 25/05/2013

5ª sede regional – Coxim – dias 07 e 08/06/2013

6ª sede regional – Amambai – dias 21 e 22/06/2013

7ª sede regional – Campo Grande – dias 05 e 06/07/2013

Jornal Midiamax