Política

Deputado reprova ida de Siufi a reunião e diz que PMDB tem que continuar oposição a Bernal

A participação do vereador Paulo Siufi (PMDB) em uma reunião agendada no escritório do Secretário de Governo do prefeito Alcides Bernal (PP), Pedro Chaves, realizada pelo senador e pré-candidato ao governo de MS pelo PT, Delcídio Amaral, voltou a expor o racha dentro do PMDB. O líder do PMDB na Assembleia Legislativa, deputado Eduardo Rocha […]

Arquivo Publicado em 04/12/2013, às 17h02

None

A participação do vereador Paulo Siufi (PMDB) em uma reunião agendada no escritório do Secretário de Governo do prefeito Alcides Bernal (PP), Pedro Chaves, realizada pelo senador e pré-candidato ao governo de MS pelo PT, Delcídio Amaral, voltou a expor o racha dentro do PMDB. O líder do PMDB na Assembleia Legislativa, deputado Eduardo Rocha (PMDB) evitou fazer qualquer julgamento de valor sobre Siufi, mas reprovou o comportamento e frisou que o PMDB deve continuar a ser oposição a Bernal.

Para Rocha, tanto o PT quanto o PSDB apoiaram o Bernal no segundo turno das eleições e se quiserem devem cobrar seus espaços. Agora, sobre o PMDB, o ponto é continuar com o mesmo pensamento e manter a linha dura contra o prefeito.

“Acho que o PMDB tem que continuar oposição. Isso é o que tem que ser. Agora sobre o Siufi apoiar Delcídio tem que perguntar para ele. Meu voto é do Nelsinho. Hoje em dia tem muita conversa”, frisou

Questionado se é a favor a expulsão ou de que os contra a candidatura de Nelsinho Trad se licenciem do partido para apoiar a oposição, Rocha não quis entrar na dividida. “A orientação sobre expulsar ou licenciar tem que ser com o presidente. Mas isso ai nós vamos ver mais pra frente, depois das convenções”, finalizou.

A ida de Siufi a reunião no escritpirio de Chaves e a declaração de que não veria problema em apoiar Delcídio para o governo em 2014, em detrimento de Nelsinho, causou grande constrangimento dentro do PMDB. Os presidentes regional e municipal chegaram a marcar uma reunião de emergência para ‘abafar’ o caso. Siufi não é a primeira liderança a discordar do nome de Nelsinho. O ex-presidente Esacheu Nascimento e o presidente da Assembleia, Jerson Domingos também são contra a candidatura do ex-prefeito pelo PMDB.

Jornal Midiamax