Política

Com dúvidas, vereadores devem esperar orientação do TRE para escolher novo presidente da Câmara

O presidente interino da Câmara de Campo Grande, vereador Flávio César (PTdoB), convocou uma reunião entre os 28 vereadores para definir qual será os encaminhamentos da Casa após a cassação do mandato do presidente, vereador Mário César (PMDB), afastado por suspeita de troca de votos por combustível. Alguns vereadores defendem uma nova eleição já nesta […]

Arquivo Publicado em 27/06/2013, às 10h47

None
958973513.jpg

O presidente interino da Câmara de Campo Grande, vereador Flávio César (PTdoB), convocou uma reunião entre os 28 vereadores para definir qual será os encaminhamentos da Casa após a cassação do mandato do presidente, vereador Mário César (PMDB), afastado por suspeita de troca de votos por combustível.

Alguns vereadores defendem uma nova eleição já nesta quinta-feira (27) para escolha de novo presidente. Porém, Flávio quer esperar um parecer do Tribunal Regional Eleitoral (TRE) para tomar uma atitude, já que o afastamento de Mário pode provocar mudanças na composição da Câmara.

Flávio César explica que a Casa corre o risco de ter a eleição cancelada posteriormente pela Justiça, visto que a eleição pode ser realizada com vereadores que perderiam o mandato, já que confirmada a cassação de Mário César, a Justiça Eleitoral deverá recontar os votos e redistribuir as cadeiras.

Os vereadores também levam em conta o prazo de três dias, que vence nesta quinta-feira, para Mário César tentar uma liminar que garanta ele no cargo até que o TRE julgue o afastamento.

Flávio ressalta que caso o TRE envie o parecer ainda nesta quinta e Mário César não consiga a liminar, a Câmara pode convocar uma sessão extraordinária, nesta sexta-feira (28), para eleger o novo presidente.

Os vereadores que defendem uma eleição imediatamente baseiam-se no artigo 23 do Regimento Interno da Câmara, que prevê “eleição suplementar na primeira sessão ordinária seguinte àquela na qual se verificar a vaga, ou em sessão extraordinária para esse fim convocada”.

Jornal Midiamax