Política

Câmara se desdobra para corrigir erros de Bernal e evitar corte drástico no orçamento

As vereadoras Grazielle Machado (PR) e Carla Stephanini (PMDB) estão tendo muito trabalho para corrigir os problemas no orçamento e Plano Plurianual enviados pelo prefeito Alcides Bernal (PP) à Câmara de Campo Grande. Os vereadores têm até o dia 19 de dezembro para votar o PPA e o orçamento, mas antes precisam corrigir vários erros que […]

Arquivo Publicado em 05/12/2013, às 10h54

None

As vereadoras Grazielle Machado (PR) e Carla Stephanini (PMDB) estão tendo muito trabalho para corrigir os problemas no orçamento e Plano Plurianual enviados pelo prefeito Alcides Bernal (PP) à Câmara de Campo Grande. Os vereadores têm até o dia 19 de dezembro para votar o PPA e o orçamento, mas antes precisam corrigir vários erros que não estão sendo retificados pelo prefeito.

A presidente da Comissão de Orçamento e Finanças da Câmara, Grazielle Machado, detalha que é preciso aprovar o PPA antes do orçamento, mas a situação está difícil porque todos os prazos dados ao prefeito já venceram e ele nem se preocupou em corrigir.

“Vamos fazer uma força tarefa para aprovar de forma correta e não com irresponsabilidade. Os problemas no orçamento já foram corrigidos. Ontem mesmo pedimos um quadro de resumo da Educação e da Saúde”, contou.

A preocupação dos vereadores é grande porque se não conseguir aprovar o PPA e o orçamento, o prefeito só poderá usar 1/12 do orçamento para 2014, que está estimado em R$ 2.990.000.000,00 (dois bilhões e novecentos e noventa milhões).

Os vereadores apresentaram mais de mil emendas ao orçamento de Bernal, mas Grazielle acredita em um entendimento para que este número possa ser reduzido. Apesar do número grande de emendas, o prefeito não é obrigado a cumprir os pedidos dos vereadores, visto que o orçamento não é impositivo.

Jornal Midiamax