Política

Biffi afasta crise no governo de Dilma e diz que PMDB faz beicinho

O deputado federal Antônio Carlos Biffi (PT) minimizou a polêmica envolvendo a presidente Dilma Roussef (PT) e integrantes da base de sustentação do governo dela. Na avaliação de Biffi, a chamada crise não passa de um “beicinho” do PMDB, mas que já foi resolvido. “A Dilma já sentou com lideranças e resolveu. Alguns do PMDB […]

Arquivo Publicado em 28/06/2013, às 18h10

None

O deputado federal Antônio Carlos Biffi (PT) minimizou a polêmica envolvendo a presidente Dilma Roussef (PT) e integrantes da base de sustentação do governo dela. Na avaliação de Biffi, a chamada crise não passa de um “beicinho” do PMDB, mas que já foi resolvido.

“A Dilma já sentou com lideranças e resolveu. Alguns do PMDB que estavam fazendo beicinho, dizendo que o Temer (vice-presidente da República, Michel Temer-PMDB) não tinha sido consultado. Mas, não é hora de fazer beicinho e sim de trabalhar pelo Brasil”, criticou.

Na avaliação do deputado, tem gente dentro da base “viajando” tanto quanto alguns manifestantes. “Eu vim dos movimentos sociais e das lutas populares. Sei como é difícil segurar a manifestação. Mas, as pessoas têm que se localizar no tempo e espaço.Tem que atender, mas nem nós e nem os protestos são eternos”, ponderou.

Biffi descartou a possibilidade do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva substituir Dilma Rousseff na disputa pela presidência em 2014. Ele também tratou a situação como uma viagem. “Isso é viagem. Na segunda-feira (1º) ela vai se reunir com o pessoal da oposição. Não tem crise nenhuma”, rebateu.

O deputado criticou o protesto do PMDB no que diz respeito ao plebiscito proposto pela presidente para decidir se faz ou não reforma política. Na avaliação dele, se o PMDB está tão preocupado, deveria votar a reforma política que está parada no congresso. “O PT tem a relatoria e o PMDB a presidência. São os dois maiores partidos. É fácil resolver a questão: aprova a reforma política”, concluiu.

Jornal Midiamax