Política

Bernal evita comentar cassação de rival, mas destaca protestos na Câmara

O prefeito Alcides Bernal (PP) evitou, nesta terça-feira (25), comentar a cassação do rival político, o presidente da Câmara Municipal, vereador Mário César (PMDB). Ele, porém, fez questão de exaltar protestos realizados na Câmara Municipal. “Acho que Justiça quem decide, ela faz o papel dela de analisar as provas e julgar. Não vou entrar no […]

Arquivo Publicado em 25/06/2013, às 13h25

None
711405942.jpg

O prefeito Alcides Bernal (PP) evitou, nesta terça-feira (25), comentar a cassação do rival político, o presidente da Câmara Municipal, vereador Mário César (PMDB). Ele, porém, fez questão de exaltar protestos realizados na Câmara Municipal.


“Acho que Justiça quem decide, ela faz o papel dela de analisar as provas e julgar. Não vou entrar no mérito da questão e quem tem que tratar de apresentar defesa é ele, eu como prefeito vou continuar trabalhando”, disse Bernal, em entrevista ao Midiamax por telefone.


No final, no entanto, o prefeito aproveitou para alfinetar os vereadores, “Ontem (24), em Brasília, algumas pessoas comentaram que aqui em Campo Grande os protestos chegaram mais à Câmara e a casa do governador (André Puccinelli)”, relatou.


Além da Câmara e da casa do governador, os protestos passaram pela Prefeitura de Campo Grande. Nos três dias do ato, os manifestantes foram em frente ao prédio para pedir o fim da corrupção. Mas, ao contrário da Câmara, o prédio da prefeitura não chegou a ser alvo de vandalismo.

Jornal Midiamax