Política

Bernal acusa que denúncia de precariedade no Conselho Tutelar é ‘artimanha política’

Bernal acusa que denúncia de precariedade no Conselho Tutelar é ‘artimanha política’

Arquivo Publicado em 27/06/2013, às 12h52

None
633012248.jpg

Bernal acusa que denúncia de precariedade no Conselho Tutelar é ‘artimanha política’

O prefeito de Campo Grande, Alcides Bernal (PP) revelou ao Midiamax, nesta manhã de quinta-feira (27), que a situação de descaso dos Conselhos Tutelares de Campo Grande (norte, centro e sul) revelada recentemente trata-se de uma “artimanha política”, com o intuito de desgastar sua imagem perante a população.

Até uma nota de repúdio demonstrando os problemas e a insatisfação dos trabalhadores foi confeccionada pelos Conselheiros e eles alegaram que poderiam decretar paralisação das atividades.

A denúncia revelou na segunda-feira (24), que sobram crianças e adolescentes para atender, que faltam carros, pessoal qualificado, prédios em boas condições e apoio ao serviço realizado.

Por outro lado, o prefeito informou que já havia anunciado diversas melhorias, já que as entidades ficaram abandonas por oito anos, durante a gestão passada.

“Vou entregar nesta semana ainda, três carros zeros e já comprei computadores que serão disponibilizados. As conselheiras, infelizmente, já sabendo da entrega, convocaram a imprensa para fazer desgaste político”, acusou o prefeito indignado com as denúncias.

Bernal salientou também, que não seria necessário fazer esse alarde, porque a prefeitura esta tomando as devidas providências. “A unidade nunca teve tanta prioridade como esta tendo na minha administração. É preciso reconhecer isso”, concluiu o prefeito.

Jornal Midiamax