Política

Base de Bernal é excluída de comissões e abandona reunião na Câmara

Indignada por se sentir excluída na composição das comissões da Câmara Municipal, a base aliada do prefeito Alcides Bernal (PP) abandonou, nesta terça-feira (19), reunião para discutir a formação dos grupos. “Nossas bancadas foram excluídas, discriminadas e alijadas”, disparou o líder do prefeito, vereador Alex do PT. “Fomos tratorados e não recebemos nenhum espaço político, […]

Arquivo Publicado em 19/02/2013, às 16h01

None

Indignada por se sentir excluída na composição das comissões da Câmara Municipal, a base aliada do prefeito Alcides Bernal (PP) abandonou, nesta terça-feira (19), reunião para discutir a formação dos grupos.


“Nossas bancadas foram excluídas, discriminadas e alijadas”, disparou o líder do prefeito, vereador Alex do PT. “Fomos tratorados e não recebemos nenhum espaço político, foi tudo com carta marcada”, emendou.


Com a justificativa de discutir a composição das comissões, o presidente da Câmara, vereador Márcio César (PMDB), suspendeu a sessão por cinco minutos. A reunião, no entanto, seu estendeu por quase uma hora e só terminou porque a base do prefeito decidiu suspender a conversa.


“Nós não somos palhaços”, desabafou Alex. A revolta se deve a decisão de abrir apenas uma vaga à bancada do prefeito na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ), a mais importante da Casa de Leis.


A situação gerou bate-boca entre Alex e o vereador Airton Saraiva (DEM). “Não podemos ceder mais espaço, porque na hora de montar a chapa para disputar à presidência acordarmos isso com os partidos”, justificou Saraiva.


O grupo eleito pela coligação, comandada pelo PMDB, elegeu a grande maioria dos vereadores e bateu chapa com a base de Bernal na eleição do comando da Câmara Municipal e venceu a disputa. Agora, o plano é garantir aos seus representantes a chefia das comissões.


Na CCJ, por exemplo, o grupo quer emplacar os vereadores Edil Albuquerque (PMDB), Saraiva, Otávio Trad (PTdoB) e Eliseu Dionísio (PSL), À bancada do prefeito, só foi reservada vaga ao vereador Zeca do PT.


“Não adianta diálogo se na hora da prática eles têm esse tipo de comportamento”, comentou Alex diante da resistência dos colegas em abrir espaço aos aliados de Bernal. Dos 29 vereadores eleitos, nove compõe a bancada do prefeito.

Jornal Midiamax