Política

Puccinelli não consegue identificar erro na estratégia de campanha de Giroto

“Se soubesse o que deveria ser mudado na estratégia. Nem os marqueteiros sabem. Foi uma multiplicidade de fatores que não detectaram o resultado final. Qual a multiplicidade? Eu não saberia dizer”, confessou.

Arquivo Publicado em 09/10/2012, às 13h50

None
1685313192.jpg

“Se soubesse o que deveria ser mudado na estratégia. Nem os marqueteiros sabem. Foi uma multiplicidade de fatores que não detectaram o resultado final. Qual a multiplicidade? Eu não saberia dizer”, confessou.

Surpreso com o baixo desempenho de Edson Giroto (PMDB) na corrida eleitoral, o governador André Puccinelli (PMDB) não conseguiu identificar qual o erro na estratégia de campanha do governista. Ele até cogitou a possibilidade de a população estar cansada com a sequência de administrações do PMDB.


“Se soubesse o que deveria ser mudado na estratégia. Nem os marqueteiros sabem. Foi uma multiplicidade de fatores que não detectaram o resultado final. Qual a multiplicidade? Eu não saberia dizer”, confessou.


O governador, inclusive, não afastou a possibilidade de a população querer renovação na política. “Estão cansados do André? Pode ser que sim. Peço desculpa se eventualmente cometi algum equivoco. Estão cansados do Nelsinho? Pode ser que sim. Estão cansados do Giroto? Pode ser que sim, por ele ter sido secretário meu e do Nelsinho. Pode ser que sim. Quais são os fatores?Ninguém sabe”, comentou.


Também surpreendeu o governador a alta votação do tucano Reinaldo Azambuja (PSDB), não detectada pelas pesquisas de intenções de voto. “Normalmente elas acertam. Mas, ultimamente o povo está mais sabido do que os institutos”, analisou. 


Alianças


Sobre a corrida pelo apoio dos demais candidatos, Puccinelli disse que as alianças ainda não estão certas, mas acredita que o PMDB leva vantagem na briga pelo PSDB, levando em conta a parceria na esfera estadual.  “As alianças hoje são certas, mas uma frase errada pode dar errado”, ponderou.


Indagado sobre a substituição do marqueteiro Chico Santa Rita, o governador informou que foi voto vencido. Para finalizar, ele garantiu que Osmar Jerônymo e Guilherme Filho continuam à frente da campanha de Giroto no segundo turno da eleição.

Jornal Midiamax