Política

Puccinelli diz que é contra tentativa de o PMDB cassar mandato de Bernal

O governador André Puccinelli (PMDB) garantiu, nesta sexta-feira (14), desconhecer a intenção de o PMDB pedir a cassação da candidatura do prefeito eleito de Campo Grande, Alcides Bernal (PP), e declarou-se contrário a tentativa. “O camarada que não respeita a vontade popular se trumbica”, justificou. Na terça-feira (11), tornou-se pública decisão da juíza Eliane de […]

Arquivo Publicado em 14/12/2012, às 15h33

None
1383344730.jpg

O governador André Puccinelli (PMDB) garantiu, nesta sexta-feira (14), desconhecer a intenção de o PMDB pedir a cassação da candidatura do prefeito eleito de Campo Grande, Alcides Bernal (PP), e declarou-se contrário a tentativa. “O camarada que não respeita a vontade popular se trumbica”, justificou.


Na terça-feira (11), tornou-se pública decisão da juíza Eliane de Freitas Lima Vicente, da 36ª zona eleitoral, de reprovar a prestação de contas de campanha de Bernal. Com base na sentença, o diretório do PMDB em Campo Grande prepara ação para pedir a cassação do mandato do prefeito eleito.


Apesar de ser o principal líder do PMDB no Estado, o governador assegurou desconhecer a pretensão do partido. “Nem me meto nisso”, afirmou na solenidade de entrega 107 patrulhas mecanizadas para assentamentos rurais e comunidade quilombolas de 49 municípios, no Centro de Pesquisa e Capacitação da Agraer, na saída para Rochedo.


Para Puccinelli, o resultado das urnas deve prevalecer. “O camarada tem que respeitar o que o povo quer”, reforçou. “Lá na frente, o povo pode ver que errou, mas, neste momento, temos que respeitar os 62 (%) contra os 38 (%)”, acrescentou, fazendo menção ao resultado da eleição.


Os advogados do prefeito eleito de Campo Grande recorreram da decisão da juíza Eliane de Freitas Lima Vicente, que considerou a prestação de contas do candidato irregular.

Jornal Midiamax