Política

Nelsinho diz que comissionados não passam de 800 e alguns serão mantidos por Bernal

O prefeito de Campo Grande, Nelsinho Trad (PMDB), está identificando cargos comissionados da Prefeitura de Campo Grande para repassar ao prefeito eleito, Alcides Bernal (PP). Nelsinho explica que toda vez que troca de prefeito, quem está saindo exonera os comissionados, o que deve acontecer. O prefeito não precisou o número de comissionados, mas garantiu que […]

Arquivo Publicado em 26/12/2012, às 18h46

None
650608534.jpg

O prefeito de Campo Grande, Nelsinho Trad (PMDB), está identificando cargos comissionados da Prefeitura de Campo Grande para repassar ao prefeito eleito, Alcides Bernal (PP). Nelsinho explica que toda vez que troca de prefeito, quem está saindo exonera os comissionados, o que deve acontecer.

O prefeito não precisou o número de comissionados, mas garantiu que “não passa de” 800. Ele pretende manter no cargo, conforme combinado, os comissionados essenciais para a administração do próximo prefeito.

“Ele tem a liberdade de entrar e nomear. Estou identificando comissionados que serão mantidos até que ele possa entrar e substituir por outros da confiança dele”.

Na manhã desta quarta-feira (26) Bernal disse ao Midiamax que vai manter os comissionados que hoje garantem o funcionamento da prefeitura. “Serão exonerados os que ocupam cargo por ocupar e estão lá por nomeação política apenas”, explicou.

A maioria das vagas para comissionados são ocupadas pelo partido que venceu a eleição. Os cargos também são distribuídos a partidos aliados, garantindo principalmente os filiados que dependem da sigla.

Jornal Midiamax