Política

Na TV, Bernal detalha propostas para a educação e Kemp declara apoio ao candidato

No programa eleitoral desta quinta-feira (11), o candidato a prefeito de Campo Grande pelo PP, Alcides Bernal, detalhou as propostas para melhorar a educação na Capital e ganhou apoio do deputado estadual Pedro Kemp (PT) ao projeto do PP chegar à prefeitura. A coligação “A Força da Gente” abriu o programa dizendo que “não basta […]

Arquivo Publicado em 11/10/2012, às 16h30

None

No programa eleitoral desta quinta-feira (11), o candidato a prefeito de Campo Grande pelo PP, Alcides Bernal, detalhou as propostas para melhorar a educação na Capital e ganhou apoio do deputado estadual Pedro Kemp (PT) ao projeto do PP chegar à prefeitura.


A coligação “A Força da Gente” abriu o programa dizendo que “não basta dar uniforme e caderninho”, fazendo menção ao programa criado pelo governador André Puccinelli (PMDB), enquanto prefeito de Campo Grande. “É preciso oportunizar acesso à tecnologia, ao conhecimento e valorizar os servidores, com salário e capacitação”, acrescentaram.


Na sequência, Kemp defendeu a construção de mais Centros de Educação Infantil (Ceinfs) “para reduzir déficit de vagas” e sugeriu mais escolas de tempo integral. Para finalizar declarou apoio à candidatura do PP. “Acredito que Alcides Bernal tem compromisso para um novo tempo para a educação em Campo Grande”, declarou o petista.


Depois, Bernal elencou suas propostas para a educação. Ele se comprometeu a dispor aos alunos tablets e aos professores notebook, além de oferecer “sinal de internet e conteúdo online”. “Porque as crianças são perceptivas às novas tecnologias”, justificou.


O candidato ainda prometeu construir pelo menos sete novas unidade de escolas de tempo integral “para tirar as crianças das ruas”. Por meio do projeto, Bernal pretende “estimular o desenvolvimento de novas habilidades, proporcionar contado com noções de trânsito, meio ambiente, direitos humanos e oferecer lazer”. “Outra preocupação é oferecer quatro refeições diárias de qualidade”, emendou.


Sobre a relação com os educadores, o candidato disse que “em nossa administração os professores terão canal aberto, vamos ouvi-los sempre porque são eles que sabem o que é necessário para dar aula melhor”. Ele ainda se comprometeu a “investir em capacitação, garantir o cumprimento do pagamento da hora-atividade e viabilizar a eleição direta dos diretores”.


No encerramento do programa, a coligação “A Força da Gente” exibiu eleitores defendendo mudança na administração da prefeitura da Capital. Um deles disse que “não adianta só maquiar o centro e esquecer os bairros”. Outra disse que o PMDB “teve muito tempo para resolver os problemas da cidade e não resolveu nada”.

Jornal Midiamax