Política

Meta do PMDB é eleger mil prefeitos, diz Temer

O vice-presidente da República, Michel Temer (PMDB), afirmou que a meta do seu partido é eleger mil prefeitos em todo o Brasil. A declaração ocorreu em entrevista coletiva realizada em Natal, onde o peemdebista participou do Dia do PMDB, em evento que reuniu lideranças da legenda. “Hoje somos o maior partido, temos o maior número […]

Arquivo Publicado em 15/09/2012, às 18h58

None

O vice-presidente da República, Michel Temer (PMDB), afirmou que a meta do seu partido é eleger mil prefeitos em todo o Brasil. A declaração ocorreu em entrevista coletiva realizada em Natal, onde o peemdebista participou do Dia do PMDB, em evento que reuniu lideranças da legenda.

“Hoje somos o maior partido, temos o maior número de prefeituras, o maior número de deputados estaduais, a segunda maior bancada de deputados federais, a maior de senador, mas termos um grande número de prefeituras é importante até para eleição de 2014”, afirmou o vice-presidente.

Ainda sobre 2014, Temer afirmou que a tendência é o PMDB manter a aliança com o PT para sucessão presidencial, mas ponderou que a negociação deverá ocorrer apenas no próximo ano. “É muito provável, mas evidente que precisamos aguardar o momento de conversarmos”, ponderou.

Sobre a troca no Ministério da Cultura envolvendo Ana de Hollanda, demitida do cargo e substituída pela senadora Marta Suplicy (PT), o vice-presidente desvinculou a nomeação da petista da questão eleitoral envolvendo a cidade de São Paulo. “Foi mais uma questão administrativa, não foi eleitoral porque isso teria pouco significado lá em São Paulo”, garantiu, afastando os rumores de que Marta teria assumido a pasta em troca do apoio a Fernando Haddad, candidato do PT à prefeitura da capital paulista.

Jornal Midiamax