Política

Grazielle diz que é uma ‘opção’ entre vereadores que disputam presidência da Câmara

A vereadores Grazielle Machado (PR), declarou que continua na disputa a cadeira da presidência da Câmara de vereadores de Campo Grande, mas esclareceu que só aceita o cargo se seu nome for eleito pelo consenso do grupo. O nome da vereadora é um dos mais cotados na Casa de Leis, recebendo apoio inclusive do presidente, Paulo […]

Arquivo Publicado em 09/12/2012, às 19h40

None

A vereadores Grazielle Machado (PR), declarou que continua na disputa a cadeira da presidência da Câmara de vereadores de Campo Grande, mas esclareceu que só aceita o cargo se seu nome for eleito pelo consenso do grupo. O nome da vereadora é um dos mais cotados na Casa de Leis, recebendo apoio inclusive do presidente, Paulo Siufi (PMDB).

Segundo Grazielle, ela não desistiu da disputa, conforme boatos que correm nos bastidores. Ela faz parte do grupo dos 17 vereadores que devem escolher nesta segunda-feira (10) os candidatos à vaga. A vereadora sempre disse que o pai, deputado Londres Machado – sete vezes presidente da Assembleia Legislativa – ensinou que um presidente não é escolhido por si próprio, mas pela maioria que o conduz ao posto, naturalmente.

Assim, duas mulheres continuam no páreo para a presidência, sendo a vereadora Rose Modesto (PSDB) e Grazielle. Ambas ressaltam que só sairão candidatas em caso de consenso do grupo. A vereadora Thaís Helena (PT) não entrou na briga e declarou que não quer o cargo. Já as novatas Carla Stephanini (PMDB) e Luiza Ribeiro (PPS) não concorrem por estarem em primeiro mandato.

Todas as cinco vereadoras fazem parte do grupo dos 17 – maioria entre os 29 vereadores eleitos para 2013. Nesta segunda-feira é esperada definição do grupo para os cargos de presidente, vice-presidente e 1ª secretaria. Os nomes serão divulgados, provavelmente, até o dia 17 de dezembro, antes do recesso parlamentar.

Jornal Midiamax