Política

Giroto atribui alta rejeição a desgaste de 16 anos de administração do PMDB

Candidato da situação à Prefeitura de Campo Grande, o deputado federal Edson Giroto (PMDB) admitiu, na manha deste domingo (7), pouco antes de votar, que existe um cansaço da população com 16 anos de administração do PMDB. Ele, inclusive, atribuiu sua alta rejeição, a maior entre os sete candidatos, justamente ao desgaste de quatro mandatos […]

Arquivo Publicado em 07/10/2012, às 13h00

None
338582188.jpg


Candidato da situação à Prefeitura de Campo Grande, o deputado federal Edson Giroto (PMDB) admitiu, na manha deste domingo (7), pouco antes de votar, que existe um cansaço da população com 16 anos de administração do PMDB.


Ele, inclusive, atribuiu sua alta rejeição, a maior entre os sete candidatos, justamente ao desgaste de quatro mandatos seguidos de peemedebistas. “É resultado da manutenção dos 16 anos”, disse sobre sua reprovação entre os eleitores.


Segundo Giroto, na lista dos que o rejeitam estão cidadãos que não foram atendidos pela atual administração, “porque o asfalto não passou por sua casa” ou porque “teve problemas para ser atendido na saúde”.


Jornal Midiamax