Política

Fabio Trad sugere mais espaço para surgimento de novas lideranças no PMDB-MS

O deputado federal Fabio Trad fez nesta quarta-feira, 31, uma reflexão sobre o PMDB sul-mato-grossense. Segundo ele, o partido precisa criar condições que suscitem o surgimento de novas lideranças. “O PMDB de Mato Grosso do Sul precisa se inspirar no exemplo da biografia política de André Puccinelli para preparar o terreno que propicie o surgimento […]

Arquivo Publicado em 31/10/2012, às 19h42

None

O deputado federal Fabio Trad fez nesta quarta-feira, 31, uma reflexão sobre o PMDB sul-mato-grossense. Segundo ele, o partido precisa criar condições que suscitem o surgimento de novas lideranças. “O PMDB de Mato Grosso do Sul precisa se inspirar no exemplo da biografia política de André Puccinelli para preparar o terreno que propicie o surgimento de novas lideranças que continuem a fortalecer a vocação democrática e pluralista do partido”, afirmou.



Para Fabio Trad, todos os setores do partido precisam estar alinhados com esta perspectiva que aponta para a necessidade de uma política mais inclusiva das vertentes do PMDB. “Não se trata de crítica à direção, mas de uma contribuição para o aprimoramento dos mecanismos de participação e decisão dos filiados de todo o estado”, assegurou.



Os números das eleições em Mato Grosso do Sul mostram que, apesar de não ter conseguido eleger seu candidato em Campo Grande, o PMDB sul-mato-grossense parte com uma boa base para a disputa pelo Governo do Estado em 2014, cujos candidatos naturais são o prefeito de Campo Grande, Nelson Trad Filho, e a vice-governadora Simone Tebet. O partido possui uma base forte nos municípios, com 29,4% dos prefeitos eleitos e 17.52% dos vereadores.



Para Nelson Trad Filho, o resultado mostra a força do PMDB no Estado: “Uma candidatura a governo se prenuncia com o apoio de companheiros partidários e aliados. E estamos fortalecidos neste sentido”, disse.


Jornal Midiamax