Política

Em Encontro Estadual do PP, Antônio João diz que aliança com Bernal é provável

Antônio João confessou que há conversações com o Partido Progressista sobre quem seria o vice-prefeito e o prefeito de Campo Grande para as eleições

Arquivo Publicado em 12/06/2012, às 00h07

None
1722280691.png

Antônio João confessou que há conversações com o Partido Progressista sobre quem seria o vice-prefeito e o prefeito de Campo Grande para as eleições

Pela primeira vez, o pré-candidato a Prefeitura Municipal de Campo Grande, Antônio João (PSD), admitiu que uma aliança com o também pré-candidato Alcides Bernal (PP) é provável. “Para o PSD, a união com o PP é um sonho, fortalece a disputa para a Capital”, admitiu o líder do PSD durante o Encontro Estadual do PP na Assembleia Legislativa na noite desta segunda-feira (11).


Antônio João confessou que há conversações com o Partido Progressista sobre quem seria o vice-prefeito e o prefeito de Campo Grande para as eleições.


“É uma questão de negociação política. A gente coloca na mesa as cartas que você tem e eu acho que você avalia quem tem o melhor jogo. Ele, por exemplo, tem mais tempo de televisão do que o PSD atualmente”.


O deputado estadual Alcídes Bernal faz a mesma alegação quando questionado qual seria o critério para decidir quem será o candidato à prefeito e a vice. “Nós vamos juntos, eu espero. Nossas conversas estão adiantadas e é só uma questão de tempo. De tempo de televisão”, brincou.


Marcaram presença na convenção os pré-candidatos a prefeito e vereadores do PP no Estado. Para as prefeituras, foram confirmadas ao menos 11 pré-candidaturas.


 O vice-presidente do PP Nacional, Ricardo Barros, garante que Mato Grosso do Sul é bem representado pelo partido. “Os números no Estado são crescentes. As alianças que o deputado têm feito são muito importantes”, destacou.

Jornal Midiamax