Política

Comício com a presença de Puccinelli é barrado pelo TRE em Coronel Sapucaia

Um comício marcado para as 19h desta quinta-feira (23) pelo candidato à prefeitura de Coronel Sapucaia pelo PMDB, Rudi Paetzold, foi cancelado pela Justiça Eleitoral da Comarca por ter sido o palanque montado a menos de 200 metros da prefeitura da cidade. Em apoio à coligação União e Trabalho, estavam presentes para a participação no […]

Arquivo Publicado em 24/08/2012, às 01h01

None

Um comício marcado para as 19h desta quinta-feira (23) pelo candidato à prefeitura de Coronel Sapucaia pelo PMDB, Rudi Paetzold, foi cancelado pela Justiça Eleitoral da Comarca por ter sido o palanque montado a menos de 200 metros da prefeitura da cidade.


Em apoio à coligação União e Trabalho, estavam presentes para a participação no comício, o governador André Puccinelli (PMDB), o senador Moka (PMDB), o deputado federal Geraldo Resende (PMDB) e os deputados estaduais Carlos Marun (PMDB) e Márcio Monteiro (PSDB).


A Coligação chegou a solicitar a transferência de local para a realização do comício, pedido negado pelo juiz Ricardo da Mata Reis, em razão da não comunicação à PM (Polícia Militar) sobre a transferência do evento. O magistrado salientou que apesar de não ser impeditiva à realização do evento, a concessão de autorização abriria um precedente para as demais coligações.


Com a decisão foi comunicada a PM que impediu a realização do comício já com os candidatos em cima do palanque. Também foi feita a prisão de um sobrinho do candidato Rudi, por estar soltando fogos de artifício, prática proibida na cidade.

Jornal Midiamax