Política

Candidato a prefeito de Campo Grande, Bernal defende ‘cruzada pelo voto ético’

No retorno dos trabalhos parlamentares, o deputado estadual Alcides Bernal (PP) voltou a manifestar preocupação com a chance de o poder econômico influenciar na disputa pelo comando da Prefeitura de Campo Grande e conclamou a população para combater a possibilidade com uma “cruzada pelo voto ético”. “Acho que o poder econômico está sendo muito forte, […]

Arquivo Publicado em 01/08/2012, às 18h34

None
2064762608.jpg

No retorno dos trabalhos parlamentares, o deputado estadual Alcides Bernal (PP) voltou a manifestar preocupação com a chance de o poder econômico influenciar na disputa pelo comando da Prefeitura de Campo Grande e conclamou a população para combater a possibilidade com uma “cruzada pelo voto ético”.


“Acho que o poder econômico está sendo muito forte, estou sabendo que o candidato da situação vai contratar milhares de pessoas, estou sabendo que ele está exercendo pressão na cabeça de ocupantes de cargos comissionados e recebi informação de que eles estão tentando cooptar vereadores da nossa chapa para tentar nos fragilizar”, disse Bernal, nesta quarta-feira (1), durante sessão na Assembleia Legislativa.


O candidato, no entanto, espera contar com o voto do eleitor consciente. “Temos certeza que a população está acompanhando e não vai permitir que a força do poder econômico, a pressão e a soberba se sobreponha a este público que quer renovação”, comentou. “Tenho muita confiança nos eleitores conscientes do nosso município. Espero contar com eles para fazer uma cruzada pelo voto ético”, acrescentou.


Sem ajuda


Indagado se a direção nacional do PP confirmou enviar profissionais para ajudá-lo na elaboração de estratégias de campanha, Bernal mudou o discurso e informou ter que se virar sozinho. “O marqueteiro da minha campanha sou eu mesmo e quem me ajuda dando as dicas são as pessoas. Todos sabem que essa disputa que estou fazendo é do tostão contra o milhão”, concluiu.

Jornal Midiamax