Política

Bernal garante espaço a aliados, mas dará prioridade à inclusão de propostas

Empenhado na corrida por aliados para ampliar seu poder de fogo no confronto pelo comando da prefeitura da Capital com o governista Edson Giroto (PMDB), o deputado estadual Alcides Bernal (PP) reforçou fazer uma administração participativa, mas disse que na rodada de negociações com os partidos priorizará a inclusão de propostas. “Com certeza vamos abrir […]

Arquivo Publicado em 09/10/2012, às 19h17

None
1199429003.jpg

Empenhado na corrida por aliados para ampliar seu poder de fogo no confronto pelo comando da prefeitura da Capital com o governista Edson Giroto (PMDB), o deputado estadual Alcides Bernal (PP) reforçou fazer uma administração participativa, mas disse que na rodada de negociações com os partidos priorizará a inclusão de propostas.


“Com certeza vamos abrir espaço aos aliados, mas, agora, não estamos conversando sobre isso e sim sobre conjugar propostas”, declarou Bernal, nesta terça-feira (9), na primeira sessão da Assembleia Legislativa, após as eleições municipais.


Sobre as negociações de apoio, Bernal demonstrou total confiança em reunir os candidatos da oposição em torno da sua candidatura. O PT, do candidato Vander Loubet, já adiantou apoio ao candidato. O deputado federal Reinaldo Azambuja (PSDB), por sua vez, adiou o anúncio.


O vereador Marcelo Bluma (PV) também ainda não se manifestou, enquanto Suél Ferranti (PSTU) e Sidney Melo (PSOL) prometem orientar militantes a anular o voto por serem contra o modelo de administração tanto do PMDB quanto do PP.


Sobre o apoio do PT, Bernal comemorou o reforço, principalmente, nas articulações em busca de recursos federais, levando em consideração o fato de o partido ser o mesmo da presidente Dilma Rousseff (PT). Ele ainda aproveitou a oportunidade para alfinetar os adversários. “Diante do apoio do PT, o argumento de quem sempre nos criticou de estarmos isolados caiu por terra”, destacou.


Indagado se o cancelamento de reunião com os petistas, na manhã desta terça-feira, não poderia indicar reviravolta no anúncio de apoio, o candidato demonstrou total confiança. “Agenda nacional suspendeu o encontro”, frisou. “O apoio do PT, do senador Delcídio, dos deputados estaduais, federais e vereadores está declarado, atende a vontade da militância e não tem volta”, acrescentou. 


Confiante


Em relação ao apoio do PSDB e do PV, Bernal demonstrou total confiança. “Conversei com o Reinaldo e estou tranqüilo, porque ele reconheceu a importância de reunir todas as forças políticas para atender a vontade da população de mudar o que está ai”, frisou.


A confiança é a mesma em relação ao apoio de Bluma que, inclusive, ligou para Bernal, enquanto concedia a entrevista.


(Matéria editada às 17h22 para acréscimo de informações)

Jornal Midiamax