Política

Bernal garante espaço a aliados e confirma secretários de fora de Mato Grosso do Sul

“Vai ter gente do Estado e pessoas reconhecidamente capazes, gente que o Brasil todo conhece e que está preparada”, disse o prefeito eleito em entrevista coletiva

Arquivo Publicado em 03/12/2012, às 19h31

None
1848306950.jpg

“Vai ter gente do Estado e pessoas reconhecidamente capazes, gente que o Brasil todo conhece e que está preparada”, disse o prefeito eleito em entrevista coletiva

Em entrevista coletiva na tarde desta segunda-feira (3), o prefeito eleito de Campo Grande, Alcides Bernal (PP), garantiu participação a partidos aliados na futura administração e confirmou a presença de nomes de fora de Mato Grosso do Sul para compor o primeiro escalão do governo.


“Vai ter gente do Estado e pessoas reconhecidamente capazes, gente que o Brasil todo conhece e que está preparada”, disse Bernal. Os nomes, no entanto, ele reafirmou revelar apenas na última semana de dezembro.


Questionado sobre eventuais críticas por conta da indicação de profissionais de fora do Estado, o prefeito eleito disse que “está na hora de superar essa visão mesquinha de que só os daqui são bons”.


Sobre a participação dos partidos aliados no governo, Bernal assegurou espaço e destacou que predomina o clima harmônico nas tratativas.  “Não há pressão de nenhum lado, até mesmo porque a aliança ocorreu com base em uma aliança programática e não em troca de cargos”, frisou.


Bernal revelou ainda ter em mãos uma lista de nomes dos partidos baseada em “critérios técnicos aliado aos políticos”. “Temos bons quadros e os parceiros terão participação no governo”, acrescentou.


Ainda na coletiva, o futuro prefeito falou sobre projetos para a cidade, dificuldades da equipe de transição em ter acesso a documentos essenciais e sobre a falta de documentos para viabilizar a liberação de recursos federais.

Jornal Midiamax