Política

Após queixas, equipe de transição de Nelsinho começa a repassar informações a Bernal

A comissão de transição do governo de Nelsinho Trad (PMDB) para Alcides Bernal realizou nesta sexta-feira (7) a quarta reunião de trabalho. A expectativa era grande, já que seria o primeiro encontro realizado depois que Bernal reuniu a imprensa para dizer que os encontros da equipe de transição se resumiam a cafezinho e palestra, sem informações […]

Arquivo Publicado em 07/12/2012, às 19h22

None
1365870128.jpg

A comissão de transição do governo de Nelsinho Trad (PMDB) para Alcides Bernal realizou nesta sexta-feira (7) a quarta reunião de trabalho. A expectativa era grande, já que seria o primeiro encontro realizado depois que Bernal reuniu a imprensa para dizer que os encontros da equipe de transição se resumiam a cafezinho e palestra, sem informações úteis para a futura administração.

Na saída, o clima era bastante tranquilo. Fausto Matogrosso, que integra a equipe de Bernal, declarou que finalmente havia começado a transição, visto que só agora a equipe de Nelsinho havia repassado o que já era esperado desde a primeira reunião.

Entre os documentos entregues nesta sexta-feira estão a quantidade de funcionários, remuneração, contratos em andamento de todas as pastas e estoque de materiais para a educação.

A equipe de Bernal também solicitou um cronograma com o assunto de cada reunião, mas segundo Fausto, não foi entregue. As equipes definiram que a próxima reunião será realizada na quarta-feira (12), às 14 horas, quando o secretário de Obras, João Antônio De Marco, apresentará as obras em andamento e o que a prefeitura está fazendo para resolver os problemas de enchente, comuns no inicio do ano.

O prefeito em exercício, Edil Albuquerque, também participou da reunião. Ele acredita que após o encontro desta sexta, a prefeitura já repassou 70% do que preconiza a resolução do Tribunal de Contas do Estado (TCE).

Segundo Edil o clima na reunião foi tranquilo e sem envolvimento de questões políticas. Fausto Matogrosso confirma o clima fraterno e garante que a equipe de transição preferiu focar no trabalho. A reunião desta sexta-feira durou menos de duas horas. Marcelo Amaral explicou que isso é normal, pois “chega um momento em que a natureza do repasse é documental”.

Em coletiva realizada na segunda-feira (3), Bernal listou todas as informações solicitadas e que não foram repassadas pela equipe de Nelsinho. A lista incluía saldo disponível em caixa, restos a pagar, dívida, contratos e convênios, bens móveis e imóveis, demonstrativos de despesas dos dois últimos quadrimestres, bens de consumo, quadro de servidores contratados e concursados, precatórios, desapropriações em andamento, relação de concursos e de concursados que ainda não foram chamados.

A equipe de transição é composta por indicados de Bernal: cientista político José Luciano de Mattos Dias, engenheiro civil Fausto Matogrosso e contador e fiscal de renda, Wanderley Bem Hur; e indicados de Nelsinho: Marcelo Amaral, Aurenice Rodrigues Pinheiro Pilatti e Ivan Jorge. Também acompanharão a equipe os vereadores Thais Helena (PT), Paulo Pedra (PDT) e o vice-prefeito Edil Albuquerque (PMDB).

Jornal Midiamax