Política

Antonio João admite abandonar disputa pela prefeitura e concorrer a vereador

Pelo Facebook, o presidente regional do PSD, Antonio João Hugo Rodrigues, admitiu, neste sábado (16), abandonar o projeto de concorrer à Prefeitura de Campo Grande. A decisão, segundo ele, leva em conta a dificuldade de sua legenda conseguir tempo de propaganda gratuita na televisão e no rádio. Outra surpresa anunciada na mídia social pelo dirigente […]

Arquivo Publicado em 16/06/2012, às 17h39

None
24468969.jpg

Pelo Facebook, o presidente regional do PSD, Antonio João Hugo Rodrigues, admitiu, neste sábado (16), abandonar o projeto de concorrer à Prefeitura de Campo Grande. A decisão, segundo ele, leva em conta a dificuldade de sua legenda conseguir tempo de propaganda gratuita na televisão e no rádio. Outra surpresa anunciada na mídia social pelo dirigente partidário é a possibilidade de disputar vaga de vereador.


“A cada dia que passa, diminuem as chances de o PSD ter tempo de televisão para a campanha. Ontem (15), o ministro (José Antônio Dias) Toffoli, que sentou em cima do processo por 40 dias, mandou o pedido de tempo de tevê para o Supremo (Tribunal Federal). Ninguém mais sabe se o julgamento será antes do dia 30. Se ficar parado, iremos todos, do PSD, para o espaço sideral. Sem tempo de TV, a campanha ficará literalmente impossível. Será uma pena”, escreveu Antonio João em seu Facebook.


O tempo de propaganda eleitoral gratuita é distribuído aos partidos levando em conta os votos que seus candidatos obtiveram nas eleições para a Câmara dos Deputados. Como o PSD não existia em 2010, a sigla quer receber os benefícios relativos aos votos que seus parlamentares receberam quando ainda eram de outros partidos.


Sem a resposta da Justiça até o dia 30 de junho, prazo final para as siglas homologarem seus candidatos, o PSD terá direito a apenas cerca de 23 segundos de propaganda, graças ao período dividido de forma igualitária entre as agremiações. “Vou começar a analisar a possibilidade de uma candidatura a vereador, se não tiver condições de candidatar-me à prefeitura”, estuda Antonio João, no caso de o partido ficar sem tempo de propaganda.


Ainda pelo Facebook, o presidente do PSD deixou claro seguir do lado da oposição na disputa pela Prefeitura de Campo Grande. “Nosso plano B é a oposição. Sempre!”, garantiu. No início da semana, ele sugeriu a possibilidade de apoiar a pré-candidatura do deputado estadual Alcides Bernal (PP) a prefeito da Capital.

Jornal Midiamax