Política

Vereador envolvido na Uragano renuncia ao mandato sem dar explicações

O vereador afastado Edvaldo Moreira (PDT) renunciou ao cargo no final da manha de através de uma carta protocolada na Câmara Municipal por um membro de sua família. Na carta Edvaldo não deu nenhuma explicação para o ato. No último sábado em entrevista a rádio Grande FM Edvaldo havia dito que renunciaria ao cargo para […]

Arquivo Publicado em 28/03/2011, às 17h17

None

O vereador afastado Edvaldo Moreira (PDT) renunciou ao cargo no final da manha de através de uma carta protocolada na Câmara Municipal por um membro de sua família. Na carta Edvaldo não deu nenhuma explicação para o ato.

No último sábado em entrevista a rádio Grande FM Edvaldo havia dito que renunciaria ao cargo para evitar o desgaste e o constrangimento de uma comissão processante que possivelmente seria aberta para cassá-lo.

Edvaldo foi um dos nove vereadores presos em primeiro de setembro do ano passado pela Operação Uragano da Polícia Federal por envolvimento em crimes de corrupção encabeçados pelo ex-prefeito Ari Artuzi. No lugar de Moreira assumirá o cargo o suplente Alberto Alves dos Santos.

Jornal Midiamax