Política

Segundo vereador envolvido na Operação Uragano renuncia para evitar a cassação

O vereador José Carlos Cimatti Pereira (PSB) acaba de renunciar ao seu mandato e evitou a cassação na sessão que deveria acontecer na tarde desta terça-feira. A sessão que deveria ler o relatório da Comissão Processante foi aberta e encerrada em menos cinco minutos. O primeiro vereador a renunciar ao mandato foi Zezinho da Farmácia […]

Arquivo Publicado em 15/03/2011, às 17h56

None

O vereador José Carlos Cimatti Pereira (PSB) acaba de renunciar ao seu mandato e evitou a cassação na sessão que deveria acontecer na tarde desta terça-feira.

A sessão que deveria ler o relatório da Comissão Processante foi aberta e encerrada em menos cinco minutos. O primeiro vereador a renunciar ao mandato foi Zezinho da Farmácia (PSDB).

As próximas sessões marcadas pela Câmara Municipal para analisar os relatórios das Comissões Processantes devem prosseguir até o final de semana. Na manhã desta quarta-feira será julgado o pedido de cassação do vereador Humberto Teixeira Junior, o Juninho Teixeira (PDT).

Os próximos vereadores envolvidos na Uragano a serem julgados serão Tio Julio Artuzi (PRB) às 09h de quinta-feira; Paulo Henrique Bambu (DEM), ás 09h de sexta-feira.

O julgamento do vereador Aurélio Bonato (PDT) que deveria ter acontecido na última segunda-feira foi adiado para dia 18 ás 14h enquanto que o do vereador Marcelo Barros aguarda decisão da justiça para que seja marcada uma nova data.

Jornal Midiamax