Política

Puccinelli desconversa sobre reservas de MS para enfrentar situações de emergência

O governador André Puccinelli (PMDB) não informou qual o tamanho das reservas que afirmou ter nos cofres de Mato Grosso do Sul para enfrentar situações de emergência como os estragos causados pelas chuvas. Em entrevista coletiva nesta quarta-feira (9), ele disse que “quem quiser saber isso, tem que procurar nos balancetes mensais enviados para o Tribunal de […]

Arquivo Publicado em 10/03/2011, às 00h18

None
1177765556.jpg

O governador André Puccinelli (PMDB) não informou qual o tamanho das reservas que afirmou ter nos cofres de Mato Grosso do Sul para enfrentar situações de emergência como os estragos causados pelas chuvas. Em entrevista coletiva nesta quarta-feira (9), ele disse que “quem quiser saber isso, tem que procurar nos balancetes mensais enviados para o Tribunal de Contas”.


Após destacar na entrevista que possuia reservas, o governador desconversou quando os repórteres perguntaram qual o valor disponível. “Somos um governo previdente, guardamos, por isso temos condições de enviar roupas, cestas básicas e água potável para Aquidauana já amanhã e outros municípios até sexta”, disse.


Na mesma entrevista, no entanto, o coordenador da Defesa Civil de MS, coronel Ociel Ortiz explicou que as roupas que serão levadas para as famílias afetadas pela cheia em Aquidauana são de um estoque de doações que a Defesa Civil mantém. “São vindas da Receita Federal, coisas assim”, disse. Já a água potável será fornecida pela Sanesul, empresa estatal de saneamento.


As cestas básicas, segundo o governador, serão adquiridas seguindo os limites legais para compras dispensadas de licitações. Após se negar a informar o valor da reserva que disse ter, Puccinelli ainda acrescentou que “tudo que é para recuperar, é desperdício, é um dinheiro jogado fora”.


R$ 56 milhões em 2010


No site do TCE os balancetes não foram localizados para fácil acesso pelos internautas. A referência oficial mais próxima às tais reservas que a reportagem encontrou aparece no Relatório Resumido da Execução Orçamentária Bimestral do Governo de MS referente aos dois últimos meses do ano passado.


Publicado na edição 7.878 do Diário Oficial, em 31 de janeiro de 2011, o relatório resumido aponta a rubrica “Reservas de Contingência” com um saldo a liquidar de R$ 39.099,00.


Essas reservas são apontadas pelo Governo no início do ano passado com uma dotação inicial de R$ 56.133.300,00. A baixa de mais de 56 milhões de reais é apontada no documento contábil como “Créditos Adicionais” negativos de R$ 56.094.201,00. No mesmo balancete, é informado ainda que a Defesa Civil possuia, em 2010, dotação atualizada de R$ 28.726.472,00.


Para verificar os balancetes disponibilizados, acesse o Diário Oficial clicando aqui. Os dados se encontram entre as páginas 11 e 22.

Jornal Midiamax