Política

PMDB já mira quatro comissões na Câmara

Para compensar a perda de cargos estratégicos no segundo escalão do governo, o PMDB já prepara uma ofensiva para ocupar postos chave na Câmara dos Deputados. Os alvos do partido na Casa agora são as comissões de Finanças e Tributação, Saúde, Minas e Energia e Agricultura. Várias das decisões de investimento do governo nessas áreas […]

Arquivo Publicado em 02/02/2011, às 20h58

None

Para compensar a perda de cargos estratégicos no segundo escalão do governo, o PMDB já prepara uma ofensiva para ocupar postos chave na Câmara dos Deputados.


Os alvos do partido na Casa agora são as comissões de Finanças e Tributação, Saúde, Minas e Energia e Agricultura.


Várias das decisões de investimento do governo nessas áreas passam pelo aval dessas comissões. Para a de Saúde, cuja pasta no Executivo passou do PMDB para o PT, o partido já tem até indicado: o ex-ministro Saraiva Felipe (MG).


Em Minas e Energia, área estratégica para a presidente Dilma Rousseff, a pasta já é ocupada pelo peemedebista Edison Lobão, afilhado político de Sarney. Para a comissão correspondente na Câmara, ainda não há nome certo.


Já Agricultura, também mantida pelo PMDB no governo, o indicado para a comissão na Câmara é o deputado Moacir Micheletto (PMDB-PR), conhecido como forte quadro da bancada ruralista.


Pelo tamanho da bancada (88 deputados), o partido feria direito a três comissões. A de Finanças já estaria garantida por esse critério. A tarefa agora é conversar com outras bancadas fortes, como a do PT – com 78 deputados – e PSDB (53) para negociar a ocupação.

Jornal Midiamax