Política

Corpo de Celina Jallad é velado na Assembleia Legislativa de Mato Grosso do Sul

Despedida reune diversas personalidades na Assembleia Legislativa de Mato Grosso do Sul. Funeral será logo mais, às 10h, no cemitério Parque das Primaveras.

Arquivo Publicado em 01/03/2011, às 00h04

None
1777335489.jpg

Despedida reune diversas personalidades na Assembleia Legislativa de Mato Grosso do Sul. Funeral será logo mais, às 10h, no cemitério Parque das Primaveras.

Autoridades, personalidades da política sul-mato-grosssense, servidores públicos e populares lotaram o saguão da Assembleia Legislativa para as últimas homenagens à ex-deputada e conselheira do TCE (Tribunal de Contas do Estado), Celina Martins Jallad, velada na noite desta segunda-feira (28).


Ao lado do caixão, o pai de Celina, o ex-governador Wilson Barbosa Martins, demonstrou abatimento pela perda, amparado pelos filhos de Celina, Fabiana e Wilson Martins Jallad, acompanhados do pai, Abdalla Jallad, e outros familiares.


“Ela era uma irmã”, disse emocionado o presidente da Assembleia, deputado Jerson Martins. Além de Jerson, também os deputados Junior Mochi (PMDB), Paulo Duarte (PT), Paulo Corrêa (PR), Marcio Fernandes e Dione Hashioka (PSDB) estiveram no velório.


Compareceram ainda personalidades como o ex-deputado Akira Otsubo (PMDB), o desembargador Claudionor Miguel Abss Duarte, o presidente da OAB-MS (Ordem dos Advogados do Brasil em Mato Grosso do Sul), Leonardo Duarte, e muitos outros amigos.


A missa de corpo presente teve início ainda sob a forte emoção que tomou conta dos presentes. O sepultamento está marcado para as 10 horas desta terça-feira (01/03), no cemitério Parque das Primaveras.


Celina Jallad, dona de quatro mandatos de deputada estadual, passou mal na madrugada de domingo, foi levada numa viatura do Corpo de Bombeiros para o Proncor, em Campo Grande e, de lá, seguiu para o aeroporto, de onde viajou num avião fretado para o hospital Sírio-Libanês, em São Paulo.


Ela chegou à capital paulista por volta das 14 horas e, quatro horas depois, foi submetida a uma cirurgia, único meio de combater a conhecida AAA. Ela morreu por volta das 5 horas da manhã desta segunda-feira aos 64 anos.

Jornal Midiamax