Política

Suplente do vereador assassinado hoje diz estar chocado

O primeiro suplente de vereador, que deve assumir a vaga deixada pelo presidente da câmara de Alcinópolis, Carlos Antônio Costa Carneiro (PDT); disse que ficou sabendo do assassinato por meio da imprensa. Valdecir Lima de Oliveira, o Passarinho, do PSDB, disse que está em estado de choque, pois a vítima era bastante conhecida e popular […]

Arquivo Publicado em 26/10/2010, às 18h30

None

O primeiro suplente de vereador, que deve assumir a vaga deixada pelo presidente da câmara de Alcinópolis, Carlos Antônio Costa Carneiro (PDT); disse que ficou sabendo do assassinato por meio da imprensa. Valdecir Lima de Oliveira, o Passarinho, do PSDB, disse que está em estado de choque, pois a vítima era bastante conhecida e popular no município.

Passarinho, que é funcionário de carreira de alcinópolis e trabalha na secretaria municipal de saúde, disse que nem havia pensado ainda sobre a sua futura vereança. “Fiquei em estado de choque com o assassinato do presidente da câmara. Ele é de família tradicional da política daqui”, disse.

Carlos Antônio Costa Carneiro é filho do vice-prefeito da cidade Alcino Carneiro, que foi prefeito e fundador de Alcinópolis. O vereador foi assassinado hoje, por volta das 13h, em Campo Grande. A dupla, que já confessou o crime, foi presa em flagrante e encaminhada para a delegacia. Um dos homens chegou a revelar que os dois receberam R$ 20 mil para cometer o homicídio.

Jornal Midiamax